FacebookYoutubeTwitterPinterestPartilharTrip AdvisorInstagram
bem-vindo àMaia!

Maia Blues Fest 2021

jose_luis_pardo
Datas
17 a 2021/09/19
Chart?chst=d map spin&chld=0

O Maia Blues Fest 2021 – Festival Internacional de Blues da Maia, regressa entre 17 e 19 de setembro, com a ambição de crescer e de se afirmar como uma marca de excelência, não só no concelho da Maia, mas também na Área Metropolitana do Porto.

A segunda edição do Maia Blues Fest foi um enorme sucesso, apesar das restrições devido à situação pandémica que o país atravessava e ainda atravessa. A resiliência e coragem, da equipa de produção constituída pelo Município da Maia, através da sua Divisão de Cultura, pela Trovas Soltas, bem como ao público que respondeu de uma forma entusiástica enchendo os lugares disponíveis. Para esta terceira edição do Festival, a organização mantém o perfil dos anos anteriores, dar a conhecer o melhor do blues nacional e ao mesmo tempo, ter em palco alguns dos melhores nomes internacionais.

O programa desta nova edição do Maia Blues Fest é o seguinte:


17 de setembro

18h00 - The Smokestackers (Portugal)
Os The Smokestackers surgem de uma conversa em estúdio e de um gosto em comum - os Blues. Sempre com as raízes do mesmo em cena, o duo formado por João Belchior e Diogo Mão de Ferro, representam a imagem e sentimento dos Blues, num repertório que abrange o tradicional e uma sonoridade mais atual. Entre o acústico e o elétrico, entre Mississippi e o Delta, os Smokestackers têm a sua própria identidade, representada no seu primeiro disco de originais “Road Songs”.


21h30 - José Luis Pardo & The Mojo Workers (Argentina/Espanha)
José Luis Pardo (Buenos Aires 1981) é um dos líderes mundiais da guitarra Blues, e um dos poucos não anglo-saxões que transita confortavelmente no circuito do Blues nos EUA e no resto do mundo. Aos 37 anos tem 8 álbuns no mercado (incluindo 3 com artistas dos EUA). Seu álbum “Country and City Blues” (2008) é considerado uma “bíblia da guitarra do blues”. Com “13 Formas De Limpiar Una Sartén”, um álbum quase todo em espanhol e com formas de Soul, conseguiu atingir um público maior. Agora ele está de volta com um novo álbum de 19 músicas inéditas, “Philippe is”, onde ele mescla com maestria Blues, Soul, Rock e até inclui uma música Gipsy Jazz.

18 de setembro

18h00 - The Ragtime Rumours (Holanda)
"As regras existem para serem quebradas. Os géneros existem para serem desfocados. Talvez tenham pensado que The Ragtime Rumors nunca poderia superar a alquimia destemida de Rag ’N Roll de estreia de 2018 - uma colisão rebelde de blues vintage, rock‘ n ’roll excêntrico, jazz cigano e narrativas peculiares. Mas com o Abandon Ship deste ano, você felizmente estará errado. “Em nossa opinião”, diz a banda, “Rag’ N Roll foi o aperitivo e Abandon Ship é o prato principal ”.
Nos tempos modernos, poucos álbuns de estreia tiveram um impacto como Rag 'N Roll. O primeiro lançamento completo de Tom Janssen (vocal principal, guitarra acústica), Niki Van Der Schuren (baixo vertical, voz, flauta, sax barítono), Thimo Gijezen (guitarra elétrica, acordeão, piano, voz) e Sjaak Korsten (bateria , kazoo, washboard, vocals) transformaram esses ex-artistas de rua e heróis de culto em contendores conquistadores. Desde então, eles viajaram o mundo, sacudindo palcos e ganhando o prestigioso prêmio Blues do ano passado por uma realização especial e os altamente disputados Popprijs de Limburg. “A resposta”, explica a banda, “nos deu o poder de continuar criando mais música”."


21h30 - Gisele Jackson and The Shu Shu's (EUA)
Quando a jovem Gisele Jackson era caloura estudando na Howard University, ela já estava no palco em Washington D.C. com sua primeira banda de soul clássico. Antes de fazer do Brooklyn seu lar, Gisele viajou como ‘Raelette’ com Ray Charles no auge de sua carreira e, a partir de então, ela também acompanhou lendas como a incomparável Donna Summer ou seu ‘padrinho’ James Brown.
Em sua carreira, ela percorreu mais de 18 países na América do Norte, Ásia, Europa e África. Já se apresentou solo nos principais clubes de jazz dos EUA; ela apoiou artistas como Tito Puente, Bette Midler, The Commodores, B-52 e um grande número de estrelas da música. Ela já se apresentou em premieres e cerimônias de premiação em Hollywood e apareceu no cinema cantando no filme “First Wives Club”. E ela estava encarregada de cantar no ato da presidência de Bill Clinton.
A revista Billboard a elevou à categoria de diva após seu grande sucesso mundial, o clássico de dança “Love Commandments”. O single alcançou o número 3 na parada de dança da Billboard, catapultando Gisele para o olympus da house e dance music. Ela também teve seu momento de glória no teatro, com papéis como Effie em “Dream Girls”, Bessie em “Life & Death of Bessie Smith”, Evilene em “The Wiz”, Luttibelle em “Purlie” e Frankie em “Carmen Jones ”E alcançou a televisão, incluindo uma campanha comercial mundial para Johnnie Walker.

19 de setembro

16h30 - Portuguese Pedro (Portugal)
Portuguese Pedro é o novo projecto de Pedro Serra, um talentoso músico, DJ e locutor do único programa de rádio em Portugal inteiramente dedicado à estética musical dos anos 40' e 50'. É exatamente uma viagem por estas sonoridades retro que sugerem os slaps do contrabaixo e os riffs de guitarra compostos por Portuguese Pedro, evocando os sons roots de Hank Williams ou Johnny Cash.
Este verdadeiro rockabilly de Coimbra contagia-nos com as suas composições e músicas que têm atraído um público inesperado e heterogéneo, de todas as partes do mundo, sendo já presença regular na rádio e em pistas de dança por todo o mundo.

* Os ingressos, gratuitos, devem ser levantados nos próprios dias dos concertos, a partir das 15 horas, num máximo de dois por pessoa, nas bilheteiras do Fórum da Maia. Lotação limitada ao recinto do Auditório Exterior.

A entrada do público no recinto será realizada de forma ordeira, orientada pelos assistentes de sala, de acordo com a ordem de chegada, respeitando as distâncias físicas de segurança e das orientações e recomendações emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente:
Delimitação do recinto;
Lotação limitada;
Uso obrigatório de máscara;
Marcação dos lugares sentados;
Distanciamento físico obrigatório;
Disponibilização de solução à base álcool para higienização das mãos;
Cumprimento da etiqueta respiratória;
Sinalização de circuitos de entrada e saída do público;
Reforço de higienização dos espaços entre espetáculos.

Morada

Auditório Exterior do Fórum Maia

Fórum da Maia

Rua Eng.º Duarte Pacheco, nº 131

4470-174 Maia

Telefone
Endereço Web
Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visualizações
868 visualizações

Sugestões

Próximos

Navegar
Contactos
Maia Welcome Center
Parque Central da Maia
Rua Simão Bolívar
1º Piso - Loja 19
Tel 22 944 47 32
E-mail turismo@cm-maia.pt
powered by Wiremaze
CM Maia Turismo de Portugal Turismo Porto e Norte Caminhos de Santiago - Caminho Português da Costa